Redes Sociais

Cidade

Vereadores se manifestam sobre a licitação do transporte público em Poços de Caldas

Os vereadores foram entrevistados em fevereiro, ouça a opinião e fique por dentro de tudo que se passa sobre a licitação do transporte público.

avatar

Publicado há

em

Poços de Caldas-MG. Uma audiência pública está marcada para 10/05/19 as 19h00 no Teatro da Urca, para apresentação do projeto de mobilidade urbana. Com o vencimento da concessão para exploração de transporte público, uma nova licitação se faz necessária, para que empresas de todo o território nacional possam participar, e mediante as exigências do edital, explorar os serviços de transporte público na cidade.

Para que esta licitação possa ser realizada, existe a necessidade, por lei, de um plano de mobilidade urbana, que neste caso, foi elaborado pela universidade federal de Itajubá, a UNIFEI. Este projeto já está concluído e será apresentado ao público e autoridades no dia 10 de maio de 2019, às 19h00 na URCA.

Devido à importância deste projeto, o Vereador Ricardo Sabino (PSDB) elaborou um pedido de informação sobre a licitação, que pode ser visualizado na íntegra clicando na imagem abaixo:

Marcos Tadeus Sala Sansão, secretário de segurança pública, nos informou que a licitação, deverá ser realizada pelo CEFET, Centro Federal de Tecnologia e Educação, que estão realizando a licitação de transporte público em Betim (MG). O CEFET realizou a licitação do metrô em Salvador (BA) e diversas outras cidades, inclusive, muitas do porte de Poços de Caldas. Segundo o secretário, a escolha foi realizada, em vista da larga experiência e técnicas empregadas para realizar tais licitações, e ressalta ainda que a assessoria jurídica do CEFET é uma das melhores de Minas Gerais, contando com grande experiência em Trânsito e Transporte Público.

Em fevereiro deste ano , os vereadores cederam um depoimento sobre o que entendem em relação a licitação do transporte público na cidade. Ouça o posicionamento de cada um dos vereadores, disponibilizados nos áudios abaixo, cedidos com exclusividade para a Timelinews:

A Vereadora Lígia Podestá questionou o crescimento da população e se haveria suporte a mais de uma empresa atuando no ramo.

O vereador Lucas Arruda, ponderou sobre a possibilidade de duas ou mais empresas prestarem os serviços de transporte público na cidade:

O Vereador Paulo Tadeu se mostrou preocupado com os critérios que serão utilizados na confecção do edital, e também com a falta de eficiência na interligação do transporte por toda a cidade, uma vez que duas estações estão sem utilização. O Vereador chama a atenção para o atraso na elaboração do projeto, e alterações no contrato, que, segundo ele, em um termo de conduta, favorece contratações emergenciais, em detrimento da prorrogação do contrato, ouça o áudio:

O vereador Antônio Carlos Pereira fez uma analogia a sua carreira, no tocante ao retorno do cidadão, para a execução de bons serviços ao usuários do sistema de transporte, e salientou que uma visita às cidades onde existe mais de uma empresa no transporte público, seria benéfica:

O Vereador Ricardo Sabino autor do pedido de informações sobre a licitação, destacou a preocupação para com os deficientes físicos que se utilizam do transporte público, e também sobre a obrigatoriedade da empresa em adaptar todos os pontos, tarefa que foi passada à administração, porém segundo o vereador, esta iniciativa deve ser da empresa concessionária:

A Audiência Pública está marcada para o dia 10 de maio, as 19h00 na Urca.

Foto de Capa: Reprodução web.

Destaques