terça-feira, março 26, 2019
IOSTecnologia

Transforme seu IPhone/IPad em um processador de áudio.

188views

Que os gadgets da Apple são salgados no preço, isto não resta dúvida, porém o que ninguém ou quase ninguém divulga, é o potencial dos processadores e a robustez do IOS quando se trata de processar multimídia em tempo real. As especificações destes componentes permitem que os programadores superem quaisquer expectativas. Existem dois modos de processamento de sinais de áudio e vídeo, a renderizada e em tempo real, e nesta segunda opção, os processadores da Apple não ficam devendo nada aos equipamentos dedicados.

Ao longo de vários arquivos mostramos diversos apps para gravação, e edição de áudio com foco em emissoras de rádio e tv. Neste post vamos falar de uma importante classe de software, os plugins de efeitos e processamento, e como gerenciar de maneira eficiente, suas produções.

Peculiaridades do IOS:

Como é de conhecimento geral, o IOS gerencia arquivos e apps de maneira diferente dos demais sistemas operacionais, e usa uma espécie de sand-box ( área protegida) para rodar todos os apps, de maneira que nenhum app interfira no funcionamento de outro e vice-versa. Esta característica também é um requisito do IOS que nada mais é do que um herdeiro do Unix com uma interface polida, robusta e eficiente, garantindo segurança e excelente desempenho de um modo geral. Porém estas características, implicam em uma mudança radical de como se compartilha arquivos e dados entre apps. É necessário obter permissões especiais, para por exemplo manter um app rodando em segundo plano, por mais de 10 minutos. No IOS, cada app possui uma área de armazenamento de dados própria, intocável pelos meios convencionais, tudo para garantir a estabilidade e segurança do sistema.

Exportar e compartilhar dados e arquivos:

Para exportar e compartilhar dados e arquivos no IOS, foi criado o share-sheet com opções para importar e exportar entre apps e redes sociais. Há alguns anos, tais características eram consideradas amarras da maçã, pois até para “emparelhar” dois iPhones via Bluetooth, era necessário que os dois utilizassem um app dedicado, fruto de especificações e normas anti-pirataria.

Apps na loja:

Há bem pouco tempo, era difícil encontrar apps que realizassem determinadas funções na AppStore, mas felizmente esta realidade mudou, e hoje você encontra apps para praticamente todas as possibilidades no mundo digital. Com mudanças nas especificações da plataforma, os desenvolvedores conseguiram padronizar a saída e entrada de dados de maneira a não interferir na segurança e ao mesmo tempo satisfazer as exigências do sistema.

O Gerenciamento dos arquivos:

Para gerenciar arquivos no iPhone, existem inúmeros apps capazes de manipular os tipos corriqueiros de documentos, músicas e vídeos, para uso no dia a dia, um bom exemplo de gerenciador é o iFiles .

Gerenciador de arquivos no IOS.

Todavia este gerenciamento é para arquivos gerados, de uso comum. Note o share-sheet onde você pode importar arquivos da galeria de fotos, gravar uma memo ou mesmo tirar uma foto utilizando a câmera do iPhone. Neste tipo de app, existe o compartilhamento também via ITunes, e a opção “Open In” que é a que nos interessa quando o assunto é áudio. Com estes gerenciadores você poderá manipular documentos, músicas, vídeos, mas a nível de usuário final. Caso você queira criar conteúdo, aí a história muda de figura, e a solução é um app dedicado, para cada necessidade. E é aí que entra em ação o sistema de compartilhamento, importação e exportação dedicados.


Manipulando áudio e vídeo no IOS:

Para manter organizado seus áudios criados com os apps descritos nas matérias anteriores, é necessário utilizar um gerenciador de categoria diferente, criado especificamente para manusear arquivos de áudio com características especiais. Embora você possa fazer isso com a função importar/exportar de cada app, e utilizando o iFiles, existe uma maneira profissional, rápida e eficiente. Para tanto foi criado o AudioShare, que basicamente é um gerenciador de arquivos de áudio, com características especiais, desenvolvidas especificamente para se trabalhar com qualquer tipo de áudio no IOS, poupando tempo e permitindo a realização de “manobras impossíveis ” com os gerenciadores , digamos, padrão.

AudioShare gerenciador e organizador de arquivos de áudio para o IOS

O ÁudioShare permite uma via de mão dupla entre apps, ou seja, você poderá selecionar um arquivo de áudio, exportá-lo para um editor de áudio, e importá-lo novamente, em seguida exportá-lo para outro app de áudio e novamente importá-lo. Crie pastas para organizar tudo e mantenha o foco na produção sem se preocupar onde está determinado arquivo de áudio. Capaz de reconhecer variados tipos de formatos, o app também extrai áudio de vídeos, edita as tags e realiza o corte e normalização, tarefas básicas e rápidas, o que poupa muito tempo na realização de produção de áudio. O Audioshare é o “Windows Explorer do som no IOS”. As opções de compartilhamento dos arquivos de áudio entre apps é infinita. E a cada operação o AudioShare salva uma versão do áudio, podendo você escolher qual será a versão a ser trabalhada em um determinado projeto.


Interligando os apps:

Para montar um rack de estúdio no IOS, a solução adotada é similar ao audiocable no Windows, porém muito mais flexível e poderosa, o conhecidíssimo e espetacular “AudioBus”. Este espetacular app, é a “fiação dos seus equipamentos na vida real, ou a régua patch ( em emissoras de rádio e TV). Ele praticamente interliga todos os apps de áudio, com processadores, editores, sequenciadores , e tudo mais que possa ser conectado em um estúdio de áudio real.

Audiobus com Reverb, Flanger, Paramétrico e Auto- Tune.

Na imagem acima o poderoso Audiobus utiliza como entrada o AudioShare, e o interliga a quatro processadores de efeitos, um Flanger, um equalizador paramétrico, um reverberador e o famoso processador de voz Auto-Tune, tendo como saída master os alto-falantes do iPhone. O Audiobus é muito versátil e você pode alterar a ordem dos processadores de efeito, de maneira a conseguir milhares de combinações. A criatividade agradece, e os ouvidos vão amar a qualidade e a sonoridade cristalina do áudio final. Você pode alterar a saída para um gravador de áudio e monitorar tudo pelo fone de ouvido ou interface usb.


Os processadores de efeito:

Os módulos de efeito e processamento de áudio, interligados, também funcionam em modo stand-alone. Você poderá abrir um determinado arquivo de áudio ou gravar da interface ou mesmo do próprio microfone embutido.

Existem muitos plugins para processamento de áudio com qualidade profissional, e selecionamos aqui 4 poderosos e versáteis módulos que vão deixar qualquer um de queixo caído , devido a qualidade e possibilidades de ajustes personalizados.

Todos os plugins citados aquí podem ser obtidos separadamente ou em um pacote econômico com varias opções. Para conferir a variedade, basta clicar nos links abaixo:

Plugins AUX Kimatica

Plugins 4Pocket

Antares Auto-Tune

IConvolver

AudioShare

Audiobus3

* Nossos testes foram realizados com o Audiobus 2, que já foi descontinuado na AppStore.


Digital Delay:

Digital Delay

O AUFX-DUB é um stéreo delay ( câmara de eco) digital com uma transparência incrível, e ecos nítidos e cristalinos. O módulo possui processamento próprio dispensando o dsp interno do iPhone/IPad, mediante chaveamento nas configurações. Os presets são incríveis, mas você poderá ajustar todos os parâmetros independentemente.


Noise Gate/Limiter:

Noise Gate/Limiter

Quando o assunto é redução de ruídos de fundo o AUFX-PUSH não brinca em serviço. Poderosos algoritmos de redução de ruído conseguem filtrar o áudio desejado sem comprometer a resposta de frequência, resultando em um som cristalino. Este módulo possuí um limitador que assume o controle final sobre o nível de áudio de forma “invisível “. É como se você estivesse em um estúdio, ainda que tenha gravado sua voz no quarto.


Compressor/Expansor:

Compressor/Expansor

O Compressor e Expansor do AUFX-PUSH é soberbo! Na composição do áudio os instrumentos com nível inferior ganham uma dimensão brilhante, que é a mesma para instrumentos com níveis mais altos de sinal, o compressor consegue equilibrar os extremos e o áudio ganha intensidade e brilho cristalinos, característica marcante da compressão”invisível “.


Afinação e Vocoder:

Auto-Tune

O famoso efeito “T-pain” como conhecido por muitos, também pode ser obtido com uma fidelidade incrível no IOS. O Auto-Tune realiza o trabalho de “polir” sua voz e, dependendo dos ajustes, você se tornará uma celebridade em notas musicais. O Auto-Tune dispensa maiores detalhes, e faz o serviço de maneira eficiente, um módulo indispensável quando o assunto é produção de áudio. Notoriamente destaca-se aqui o áudio cristalino e envolvente, que agradará aos mais exigentes produtores/editores de áudio.


Pré-amp para microfone:

AudioShare e o rack de processamento interno sem o AudioCopy.

O AudioShare é versátil, a ponto de possuir um rack de efeitos interno, destinado a suprir a necessidade de produções rápidas. Na imagem acima o painel de entrada de gravação que pode ser o microfone embutido no iPhone/Ipad ou um reprodutor de áudio, com uma patch-bay onde você poderá inserir os módulos de efeito e processamento, de maneira rápida e eficiente. O resultado final, será sempre um áudio polido e cristalino, intenso e com profundidade. Vale salientar que cada módulo de efeito e processamento descrito aqui, também operam no modo stand-alone, podendo processar um arquivo de áudio ou gravando de diversas fontes, tudo a critério da sua criatividade.


Equalizador Paramétrico:

Um novo conceito em equalização paramétrica.

O AUFX-PEAKQ é um extraordinário equalizador paramétrico, com resolução de áudio encontrada somente em equipamentos de valor elevado, e que vão fazer você “descascar” o áudio como se fosse uma banana, resultado em uma doce sensação ao se deparar com um áudio realmente esculpido com martelos de diamante. As opções de ajustes são muitas e precisas, é um item que não pode faltar em qualquer rack de efeitos.


Espaço, a fronteira final:

Câmara de reverberação profissional.

Se você teve a oportunidade de ouvir em algum momento de sua vida, a canção “Cry” do Godley & Creme, sem duvidas sabe do que este reverb é capaz. O Dr. Spock de Jornada nas estrelas, certamente diria “Fascinante”, com a mesma intensidade que o fazia na série. Novamente este reverberador, segue as características dos demais módulos acima, e entrega um áudio polido, cristalino e com efeitos de reverberação realmente incríveis. O microverb da Alesis e o SPX da Yamaha o precedem.


O Reverb Analógico:

Reverberador com características analógicas.

Um tipo especial de reverberação, específica, e rara, que dominou os primórdios da era valvulada do rádio, e que reproduz fielmente o efeito em equipamentos que utilizavam mola, é o resultado obtido pelo IConvolver. O Efeito de convolução utiliza elementos do áudio original e do “hardware” ( no caso molas), para criar um cenário singular através de “Impulsos de resposta”, algo como um sampler do efeito reverb original recriado a partir de amostras contidas em arquivos. Este reverberador é parrudo e precisa, mesmo no iPhone, ser ajustado com calma, pois é muito abrangente e intenso, porém único nos dias de hoje.


Plugins para DAWS:

Compressor Multibandas

Para quem utiliza Multitrack DAW, existe uma infinidade de plugins específicos para estes apps. O GarageBand, Meteor, Cubasis, entre outros, se encontram em outra categoria de editores que utiliza instrumentos sampleados e MIDI, dedicados a estúdios de criação musical. Entre os melhores plugins para estes sequenciadores, destacamos os da linha 4Pocket, que conta com excelentes módulos de efeitos, que abordaremos em um futuro próximo.

avatar
Radialista DRT 2292 MG, Técnico em manutenção de emissoras de rádio e tv. Apaixonado por tecnologia e aficionado por comunicação, mídia e jornalismo

Poços de Caldas
16°
Partly Cloudy
06:1218:11 -03
Feels like: 16°C
Wind: 6km/h E
Humidity: 87%
Pressure: 1016.4mbar
UV index: 0
TueWedThu
26/14°C
25/13°C
23/13°C