O ministro da justiça Sérgio Moro, autorizou na manhã desta sexta-feira (04-01), o envio de tropas da Força Nacional ao Ceará.

Depois de 2 dias de registro de crimes e violência, cerca de 300 homens e 30 viaturas auxiliarão a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e o Departamento Penitenciário Nacional ( Depen).

A operação tem prazo inicial de 30 dias, podendo ser prorrogada conforme necessidade. A orden do Ministro Sérgio Moro, é que o estado seja auxiliado pelas forças de segurança para investigar e reprimir os crimes registrados.

A crise teve início após detentos da Casa de Privação Provisória de Liberdade em fortaleza se amotinarem.
Até o momento, 16 veículos foram incendiados, uma Prefeitura, agências bancárias e delegacias também foram alvo de incendiários.

Ao todo 45 ataques foram registrados, em diversas cidades do estado. Houve a prisão de 7 pessoas, e apreensão de 4 adolescentes suspeitos de participação na onda de ataques.

Em diligências da polícia militar, uma mulher de 32 anos foi presa por portar uma garrafa com gasolina, e um homem de 19 anos, suspeito de participar da queima de um onibus na tarde de quinta-feira (03/01).
Os dados do balanço são da Secretaria de Segurança Publica.

Mais notícias

Assassinato em Poços de Caldas.

Caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (18/12) na vila Guadalupe. Vítima não resistiu aos ferimentos

Receita Federal e PMMG deflagram operação Oriente

Movimentação intensa no depósito da receita federal neste momento.

Pégasus auxilia abordagem de fugitivo de blitz

O helicóptero Pégasus realizou o apoio às operações da polícia militar

Caminhoneiro encontrado morto

Condutor do caminhão foi encontrado já sem sinais de vida e apresentando rigidez