Apple remove app minerador de sua loja

Mineração de moedas virtuais passou a ser proibido nas lojas de aplicativos da Apple

Compartilhe
  • 4
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    5
    Shares

As novas diretrizes de segurança da Apple estão sendo sentidas pelos desenvolvedores.
Recentemente o aplicativo Calendar2 foi removido da loja da maçã. Motivo? Mineração de moeda digital.

A mineração de moedas digitais compromete a autonomia e eficiência do dispositivo, sem que o usuário perceba

Embora mantenha uma carteira virtual no Wallet, a Apple pretende reduzir o tempo de acesso à corretoras de moedas digitais a partir de seus dispositivos.
O aviso foi claro aos desenvolvedores, quando solicitou que apps sejam projetados com foco em economia de energia, e parametros como drenagem da bateria, calor, ou uso intensivo e desnecessário dos recursos de hardware, não serão tolerados.

O Calendar2 para Mac, drenava a bateria e reduzia o processamento, uma vez que ao oferecer um calendário, o app minerava em segundo plano, moeda virtual, sem o consentimento do usuário.

A Apple vai endurecer o jogo em apps que realizam transações de moedas digitais, podendo enviar e receber valores apenas de corretoras conhecidas e certificadas.

Recentemente, uma falha descoberta em apps de segurança, projetados para uso nos Macs, provocou inclusive a reclamação de alguns desenvolvedores, sobre a restrição de informações referentes às API’s disponíveis nos SO’s. A falha passou desapercebida por 11 anos e comprometeu inúmeros MACs mundo afora. Ao que tudo indica, alguns desenvolvedores utilizaram apis configuradas incorretamente, o que permitiu a injeção de código malicioso, que facilmente simulavam assinaturas digitais da Apple nos programas, segundo a Ars Technica. O alvo preferido da vulnerabilidade eram as ferramentas de segurança de terceiros.

Compartilhe
  • 4
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    5
    Shares

Postado por Walter Viana

Radialista, técnico em rtv, blogueiro,aficionado por tecnologia e comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + treze =